Está de dieta? Siga essas dicas e potencialize seus resultados!

Fazer dieta é um processo que pode levar algum tempo e pode ser incômodo para algumas pessoas, especialmente no que tange à mudança de alguns hábitos alimentares. Por conta disso, é importante seguir algumas dicas que podem ajudar a melhorar esse processo.

Muitos médicos solicitam que o paciente faça um diário alimentar para saber o que está comendo. Essa é uma dica importante, não apenas para ajudar numa eventual consulta médica, mas também para observar seus padrões de alimentação e alterá-los, caso sejam nocivos à sua saúde.

Com seus padrões alimentares já definidos, procure reorganizar seus alimentos. Evite deixar alimentos menos saudáveis à vista e próximos e mantenha os alimentos saudáveis ao seu alcance. Procure comer em um ambiente tranquilo, sem televisão e evite levar baixelas, potes e panelas para a mesa. Leve apenas seu prato já pronto.

Ao realizar compras, evite comprar alimentos quando estiver com fome. Utilize o Super Slim X, que é um suplemento já com todas as desintoxicações necessárias. Procure se alimentar antes de sair de casa e faça uma lista antes de iniciar suas compras no supermercado. Essa dica, não apenas ajudará na sua dieta, como também é uma dica muito comentada por economistas para reduzir os gastos desnecessários.

Sempre que possível, opte por atividades sociais que não envolvam comida ou bebida, ou seja, ao invés de convidar um amigo para tomar uma cerveja, convide para ir à praia tomar uma água de coco. Caso não seja possível mudar o evento social, procure planejar o que irá comer com antecedência para evitar excessos.

Incorpore a atividade física a sua rotina. Faça um diário dos exercícios que você pratica e anote sua duração e intensidade. A partir do seu diário, analise quantas calorias cada exercício que você pratica poderá eliminar e coordene com seu diário alimentar. Procure caminhar mais e adote atividades físicas informais no dia a dia. Opte por subir escadas ao invés de usar o elevador, por exemplo.

Não exagere em suas metas. Evite criar metas inatingíveis e que podem resultar em pura ansiedade. Crie metas factíveis e evite tentar perder muito peso em pouco tempo. Imagine que seu peso ideal é aquele que você consegue manter com saúde e não o peso das capas de revista.

Procure envolver sua família no seu tratamento, explicando como eles podem ajudar. Peça para que eles parem de oferecer mais comida e recuse “repetições”, mesmo que oferecidas de forma carinhosa. Conheça o valor calórico de cada alimento para que você possa manter sua dieta em situações inesperadas.

Procure manter uma rotina de alimentação, evitando ficar longos períodos sem comer nada. O importante é manter a sensação de saciedade. Aprenda a equilibrar proteínas e carboidratos nas suas refeições e, especialmente nos lanches entre as refeições. Aumente a quantidade de fibras na sua alimentação para melhorar sua digestão.

Lembre-se que uma dieta é um processo, por isso, não há necessidade de aprender tudo de uma vez só. Além disso, o maior ganho da dieta é a mudança permanente dos seus atos alimentares, por isso, o mais importante na sua dieta é controlar sua ansiedade. Nesse sentido, opte por uma rotina leve, mas constante de mudanças durante esse período.